Atenção
Este site utiliza cookies. Ao usar este site está a consentir a utilização. Saber mais
 
  PT | EN
Ministério da Saúde quer melhorias na competência dos profissionais

A melhoria da competência e do modo de actuação deve constituir o maior desafio dos profissionais da saúde, volvidos 40 anos de independência nacional, visando uma boa assistência médica e medicamentosa aos pacientes.

 

O apelo foi feito quinta-feira pelo director dos recursos humanos do Ministério da Saúde, António Costa, durante a cerimónia de abertura do IV congresso de Ortopedia e Traumatologia, que decorre nesta cidade, numa iniciativa da Associação Angolana de Ortopedistas e Traumatologistas (SAOT).

 

De acordo com o responsável, a celebração dos 40 anos de independência de Angola marcam igualmente o quadragésimo aniversário da criação dos serviços nacionais de saúde, daí a exigência de maior sentido de responsabilidade dos profissionais.

 

Desafiou cada profissional a reflectir sobre o contributo que deu na defesa da saúde dos cidadãos e na universalização dos serviços.

 

“Queremos que cada um no seu posto de trabalho possa contribuir com os seus conhecimento, fidelidade e zelo no exercício da profissão, na modernização dos serviços médicos, no sentido de melhor tratarmos os doentes”, disse.

 

Durante o encontro, os especialistas vão abordar, através de conferências e mesas redondas, temas como a prevenção rodoviária, sinistralidade rodoviária - um flagelo mundial, reabilitação integral do politraumatizado vítima de acidente de viação, novos desafios da medicina e a bio-segurança.