Atenção
Este site utiliza cookies. Ao usar este site está a consentir a utilização. Saber mais
 
  PT | EN
Vacina contra o ébola começa a ser testada

Milhares de trabalhadores de saúde que lutam contra o ébola em regiões de África afectadas pela epidemia, como a Serra Leoa, começam a receber uma vacina experimental para combater este vírus mortal, anunciaram as autoridades.

 

A vacina candidata contra o ébola, “VSVD-ZEBOV”, foi desenvolvida pela Agência Canadiana de Saúde Pública e a sua licença foi concedida às farmacêuticas norte-americanas NewLink Genetics e Merck.

 

A vacina vai ser administrada a seis mil profissionais de saúde que estão na linha de frente na luta contra o ébola nos próximos meses, informou, em comunicado, o Centro para o Controlo e Prevenção de Doenças. No final de Março a vacina já tinha sido estudada em mais de 800 pessoas, como parte de testes clínicos em África, Canadá, Europa e Estados Unidos.

 

Até agora, parece segura e aqueles que a tomaram ficaram imunes ao ébola.

 

A pior epidemia de ébola da história começou no final de 2013 e matou mais de dez mil pessoas, principalmente na Libéria, Serra Leoa e Guiné Conacri, na África Ocidental.